Igualdade de género

Igualdade de género 22.01.2021

O que a União Europeia tem feito pela igualdade de género? A pergunta é formulada em mais uma edição do podcast #Esefalassemosdaeuropa.

 

 

Transparência nos contratos estabelecidos com farmacêuticas

Transparência nos contratos estabelecidos com farmacêuticas 21.01.2021

Sara Cerdas criticou, na sessão plenária do Parlamento Europeu, a falta de transparência na consulta dos contratos estabelecidos com as empresas farmacêuticas para as vacinas contra a COVID-19 e questionou a Comissão Europeia acerca do ponto de situação da sua capacidade de produção na União Europeia. Apelou ainda à criação de um dashboard europeu de monitorização do processo de distribuição de vacinas.

 

 

Lucidez e coragem

Lucidez e coragem 20.01.2021

É nos momentos difíceis que “se revela o carácter e a capacidade dos povos, das pessoas e das instituições”, afirmou Carlos Zorrinho no debate do Parlamento Europeu sobre as prioridades do semestre da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia. Ao intervir no hemiciclo de Bruxelas, o deputado sublinhou que “como português e como europeu orgulho-me da lucidez e da coragem com que a Presidência portuguesa definiu e está a pôr em prática as suas prioridades”, a qual em seu entender prossegue “uma definição pragmática, porque quando as pessoas estão a sofrer, como tantas estão a sofrer com os impactos sanitários, económicos e sociais da pandemia, o pragmatismo é o primeiro dos princípios.” Pedro Marques, ao intervir no mesmo debate parlamentar, notou “os grandes desafios” da Presidência portuguesa de forma a “garantir a unidade europeia” e salvar vidas.

 

 

Três tiros na água

Três tiros na água 20.01.2021

Pedro Silva Pereira considerou “um caso artificial” a nomeação do magistrado português para. Procuradoria Europeia.

 

 

Reforço das relações entre a União Europeia e os Estados Unidos

Reforço das relações entre a União Europeia e os Estados Unidos 20.01.2021

A tomada de posse da nova administração americana "é uma oportunidade para uma reconfiguração geoestratégica global e para o reforço das relações entre os Estados Unidos e a União Europeia, num contexto de pandemia e de ameaça crescente do populismo e do autoritarismo no mundo", afirmou Carlos Zorrinho durante a sessão plenária de Bruxelas. O deputado observou que "o mandato de Trump deixa marcas que não se apagam com a sua derrota eleitoral." Ao intervir no debate parlamentar Carlos Zorrinho disse que vivemos "um tempo em que o conceito de fronteira está esbatido", para de seguir sustentar que "em democracia, a política externa para ter a legitimação popular tem que ser compreendida e aceite internamente", asserção esta que "é assim nos Estados Unidos e é assim na União Europeia." "A autonomia estratégica é cada vez mais uma condição chave para uma cooperação estratégica saudável", assevera o deputado que sublinhou também os "desafios fortes" que a União Europeia e os Estados Unidos da América enfrentam sendo fundamental a "cooperação" entre os dois blocos.