16 de julho de 2021
 

A reunião da Delegação do Parlamento Europeu à Assembleia Parlamentar da União para o Mediterrâneo, onde sou coordenadora por parte do Grupo S&D, debateu a recomendação desta assembleia "Fight against global warming. A global challenge in the Mediterranean region". Um documento importante e oportuno que apresenta propostas concretas para o Mediterrâneo uma das regiões mais afetadas pelas alterações climáticas. A recomendação analisa o impacto destas alterações nos direitos humanos e na paz e segurança da região e chama ainda a atenção para a necessidade da cooperação regional no domínio da energia, através da integração progressiva de mercados regionais e da construção de interconexões energéticas.

Margarida Marques

Twitter Facebook

A Comissão Europeia lançou esta semana o pacote “Fit for 55”. São várias propostas legislativas ambiciosas que permitirão à União Europeia reduzir as emissões de gases com efeito de estufa em, pelo menos, 55% até 2030 (em comparação com valores de 1990) e atingir a neutralidade climática até 2050. Precisamos de proteger as gerações futuras do impacto das alterações climáticas, mas temos de assegurar que ninguém é deixado para trás nesta transição! Saiba mais aqui.

Sara Cerdas

Twitter Facebook

Com ambição, clareza, determinação e antecipação, a Presidente do S&D, Iratxe Garcia Pérez, enviou em nome do Grupo, à Presidente da Comissão Europeia Ursula Van der Leyen, um documento que contém a visão estratégica dos Socialistas e Democratas no Parlamento Europeu para o Estado da União e para o futuro da parceria, no contexto da aplicação do novo pacote de medidas para a neutralidade carbónica (FIT 55). O documento enuncia 10 prioridades chave no plano fiscal, social, da coesão territorial, da estratégia industrial e do mercado das licenças de emissão, entre outras.

Carlos Zorrinho

Twitter Facebook

Cuba

Sobre os acontecimentos dos últimos dias em Cuba é importante começar por afirmar que um regime de partido único não é, e não pode ser considerado como um regime democrático. Mais ainda se, como temos de reconhecer, existem várias violações de direitos humanos neste país. Em 2017, quando da assinatura do último acordo de Cooperação com Cuba, enquanto relatora no Parlamento Português sobre o mesmo, dei um parecer bastante positivo, pois vi nesse documento uma porta de abertura para o diálogo efetivamente construtivo com toda a sociedade cubana.

 
Temos de ter em atenção que o atual momento de emergência sanitária pelo qual todo o planeta está ainda a passar, exacerba muitas das questões de crise económica e social pela qual estão a passar os cubanos. Mas não podemos esquecer que o problema de Cuba é muito mais profundo, é um problema estrutural e que se mantém ao longo de anos. Se queremos ser úteis a Cuba, à Democracia e acima de tudo ao povo cubano, temos de fazer uma séria avaliação deste acordo de cooperação e só a partir desta avaliação é que devemos estruturar a nossa cooperação futura, que deve ser aberta a toda a população e envolvendo todos os elementos da sociedade civil cubana.

Isabel Santos

Twitter Facebook

"O modo natural de envelhecer é em casa e na comunidade onde essa casa está inserida."

António Fonseca, Consultor (Público, 14-07-2021)

 

A pandemia veio agudizar a precariedade da situação dos idosos a cargo de lares. Ao contrário da perceção comum, António Fonseca, consultor da Gulbenkian para a questão do envelhecimento, salienta que 90% da população portuguesa envelhece em casa e que é este o modo natural de envelhecer. Natural e, acrescento eu, mais humano. As políticas para o envelhecimento, quer a nível nacional, quer europeu, devem procurar que cada vez mais pessoas possam envelhecer não só com dignidade e qualidade de vida, como nas suas casas e comunidades. Devem fazer disso uma missão política e social para as próximas décadas, como bem advoga o consultor.

Manuel Pizarro

Twitter Facebook

A foto merece destaque pela boa notícia que representa: a aprovação esta semana dos primeiros 12 Planos de Recuperação e Resiliência. Entre eles, está incluído o PRR Português no valor de 16,6 mil milhões de euros. Em sintonia com o “Tempo de Agir”, chega assim o tempo de “Recuperar Portugal”, rumo a uma sociedade mais justa, mais sustentável, verde e digital, que não deixe ninguém para trás, capaz de enfrentar os desafios do futuro.

Isabel Estrada Carvalhais

Twitter Facebook

Marcus Rashford tem 23 anos e joga no Manchester United. Marcou um penalty na final do Campeonato da Europa de Futebol. Como se vê no vídeo, foi um penalty bem marcado (bola para um lado, guarda-redes para o outro), com um desfecho azarado: a bola foi ao poste. Com mais dois penalties falhados, a Inglaterra perdeu o Europeu para a Itália, de forma justa, convém acrescentar. O que se seguiu envergonha-nos a todos. Em 2021, três jogadores de futebol alvos de insultos racistas por falharem penalties. Por uma vez, concordo com Boris Johnson: "os responsáveis por estes ataques repugnantes deviam ter vergonha de si mesmos".

Pedro Marques

Twitter Facebook

O Equilíbrio do Poder “Estados, Sociedades e o Futuro da Liberdade”, Daron Acemoglu & James A. Robinson,  Temas e Debates

Este livro é sobre liberdade e como as sociedades a conseguiram, ou não, alcançar. Ela é “rara na história e rara hoje em dia”. São milhões os que em todo o mundo que fogem de suas casas, arriscando a integridade física e a própria vida, não por dinheiro ou conforto, mas para poderem sobreviver.

Maria Manuel Leitão Marques

Twitter Facebook

 

A publicação regular da newsletter dos Socialistas Portugueses no Parlamento Europeu será retomada no dia 3 de setembro.

Twitter Facebook

Se no conseguir visualizar correctamente este email clique aqui

Para mais informaes consulte a pgina dos Socialistas Portugueses no Parlamento Europeu: http://www.pseuropa.pt/web/
Para remover o seu email desta mailling list por favor clique aqui