16 de abril de 2021
 

Discutimos esta semana a iniciativa de Cidadania Europeia, subscrita por 1,4 milhões de cidadãos, para o fim da produção animal em gaiolas. É preciso pôr em marcha o fim deste sistema a nível europeu, apoiando os agricultores nesta transição. Na apresentação do plano de ação para o desenvolvimento da produção biológica, salientei a importância de assegurar uma compensação adequada dos produtores pelo seu exigente trabalho e um acesso inclusivo à alimentação. A inovação no sector será determinante para enfrentar estes desafios.

Isabel Estrada Carvalhais

Twitter Facebook

Esta semana, a Comissão Europeia propôs isentar de IVA os bens e serviços de emergência distribuídos pela UE na resposta à pandemia. Testes, máscaras, equipamentos de proteção individual, entre muitos outros materiais que a UE disponibiliza aos Estados-Membros e às suas instituições de saúde, poderão assim deixar de estar sujeitos a este imposto. Deste modo, os fundos europeus dedicados à resposta à pandemia serão maximizados. É uma boa proposta que vai no caminho certo. Mas falta a "bazuca"...

Pedro Marques

Twitter Facebook

Esta semana, tratei da estratégia do Prado ao Prato, para nos mantermos a nós e ao planeta saudáveis. Para isso é preciso perceber de onde vêm os produtos que comemos, como foram produzidos e encurtar o tempo de viagem. Diminuir o desperdício e melhorar o acesso aos alimentos é também uma prioridade da estratégia. É preciso não esquecer que mesmo na União Europeia há 33 milhões pessoas que não têm dinheiro para uma refeição de qualidade de 2 em 2 dias.

Maria Manuel Leitão Marques

Twitter Facebook

Conferência para o Futuro da Europa avança

Depois da Presidência Portuguesa ter desbloqueado a posição do Conselho sobre a Conferência para o Futuro da Europa, abrindo caminho à Declaração Conjunta em que Conselho, Comissão e Parlamento Europeu se comprometem a organizar e a presidir em conjunto esta iniciativa, a Conferência está finalmente em marcha: o Comité Executivo organizador já está a funcionar e no dia 19 de abril ficará disponível a nova plataforma digital interativa, para divulgar informação sobre o evento e facilitar a participação dos cidadãos. Está também confirmada a sessão de abertura no dia 9 de maio, dia da Europa, em Estrasburgo.

Segue-se uma fase de debate aberto à participação dos cidadãos, em torno de temas (que em breve serão anunciados) a ser aprofundados em fóruns (os painéis de cidadãos), de onde sairão recomendações para o plenário da Conferência. Não é ainda a fase decisória, mas é uma fase decisiva: o sucesso da Conferência começa a jogar-se na participação dos cidadãos.

Pedro Silva Pereira

Twitter Facebook

 "The NGEU borrowing on behalf of all EU Member States, will strengthen the EU's cohesion and its political standing at global level as a Union that demonstrates solidarity, innovation and the capacity to deliver in an unprecedented crisis."

Comissário europeu Johannes Hahn

 

O Quadro Financeiro Plurianual e o Next Generation EU são os pilares essenciais da resposta europeia sem precedentes a uma crise sem precedentes. O NGEU é uma oportunidade única para que os Estados-membros saiam desta crise com economias mais fortes, mais coesas, mais igualitárias. Aguardamos que todos os Estados-membros (faltam 10) deem finalmente luz verde à sua constituição. A sua rápida aprovação e operacionalização são chave para a  recuperação, mas também a prova da solidariedade europeia.

Margarida Marques

Twitter Facebook

O mecanismo COVAX já permitiu distribuir vacinas a 100 países. Um verdadeiro marco que nos deixa orgulhosos. O contributo da Team Europe para este esforço global de solidariedade, permitiu que, no espaço de um ano, a UE, os países da UE e as instituições financeiras europeias entregassem mais de 26 mil milhões de euros em apoio aos países parceiros. A luta contra a COVID-19 é comum a todos e não deve deixar ninguém para trás.

Fotografia: UNICEF/2021

Sara Cerdas

Twitter Facebook

A vacinação é a resposta mais eficaz para atingirmos a imunidade de grupo no combate à pandemia. Não havendo nenhuma vacina com risco zero, as vacinas autorizadas pela Agência Europeia do Medicamento são seguras e têm benefícios que ultrapassam largamente os potenciais riscos. Como recomenda a Presidente da Comissão Europeia é preciso que sejamos aliados no combate à desinformação sobre as vacinas, não a propagando, e consultando informações fidedignas disponibilizadas pelas organizações competentes.

Carlos Zorrinho

Twitter Facebook

LAOGAI - The Machinery of Repression in China, Nicole Kempton

Esta semana recebi este livro sobre a cinicamente denominada “reeducação pelo trabalho árduo”. Um texto perturbador sobre a ferramenta de terror, tortura e extermínio de opositores e minorias étnicas e religiosas utilizada na China desde 1949 e atualmente ampliada em Xingiang e no Tibete. A memória das vítimas não pode ser silenciada! Vale a pena ler.

Isabel Santos

Twitter Facebook

Se no conseguir visualizar correctamente este email clique aqui

Para mais informaes consulte a pgina dos Socialistas Portugueses no Parlamento Europeu: http://www.pseuropa.pt/web/
Para remover o seu email desta mailling list por favor clique aqui