22 de janeiro de 2021
 

Esta semana, António Costa apresentou no plenário do Parlamento Europeu as prioridades da presidência portuguesa da União Europeia. O programa exprime um forte sentido humanista, focando-se na concretização do plano europeu de vacinação e na aplicação dos fundos solidários de apoio à recuperação sanitária, económica e social da pandemia. Aposta também no reforço da dimensão social das politicas europeias, na transição energética e digital e num papel acrescido da Europa no mundo.

Carlos Zorrinho

Twitter Facebook

Os Socialistas e Democratas no Parlamento Europeu voltaram a defender, esta semana, uma solução global e coordenada para a erradicação da Covid19. O acesso justo e rápido de todos à vacinação, será um passo essencial para atingir esse objetivo. Por isso, apelamos à Comissão Europeia para intensificar os seus esforços na procura de soluções, juntamente com a OMS, que permitam o acesso generalizado da população mundial à vacina. Este combate não admite egoísmos. Só estaremos a salvo, quando todos estiverem salvos.

Isabel Santos
 

Twitter Facebook

Esta semana quero destacar por antecipação uma iniciativa muito meritória do S&D/PES sobre a crise europeia da habitação, tema que me é muito caro. Trata-se da Progressive Housing Week, um conjunto de workshops e seminários que vai decorrer de 25 a 29 de Janeiro. O S&D defende que o investimento em habitação acessível seja uma das prioridades da UE na recuperação pós-Covid e apela a um “European Deal” para a habitação. Pessoalmente, irei participar como orador no workshop de encerramento, a 29 de Janeiro, para debater a situação dos sem-abrigo. Inscrições aqui.

Manuel Pizarro

Twitter Facebook

Unidade

O discurso de tomada de posse do novo Presidente dos Estados Unidos, não sendo um discurso particularmente inspirado, é um discurso que Biden deseja inspirador. A palavra-chave: unidade. Sem ignorar as profundas divisões, Biden convoca a sociedade americana para o diálogo, para a reconciliação que sara e edifica, negando conceder que divisionismos suscitados pelo racismo, pelo nativismo, pelo extremismo, possam sobrepor-se ao bem comum e ao sentido de Nação. A Democracia, que Biden lembra ser tão preciosa quanto frágil, é como um cristal cuja luz pode ofuscar-se caso persistam as trevas que emanam do ódio e do medo. E por isso, Biden repete o apelo à unidade, ao respeito mútuo.

Como crente, Biden falou em Fé, mas também em Razão, num convite discreto à confiança no conhecimento científico por oposição ao caos das ‘verdades’ forjadas e manipuladas. Sem frases que venham a fazer história nos manuais de ciência política, destaco uma pelo rasgo de humildade e seriedade: "Avaliem-me a mim e ao meu coração e se ainda assim discordarem, que assim seja. Isso é Democracia ... o direito de discordar pacificamente ... o desacordo não deve levar à desunião."

Isabel Estrada Carvalhais

Twitter Facebook

"O dia da América e da democracia."

Joe Biden, Presidente dos EUA

Homem bom. É assim que muitos se referem a Joe Biden. Prometendo ser "Presidente de todos os americanos", Biden precisa agora de demonstrar que é um homem bom, capaz de se transformar num bom Presidente. Com grande esperança e enorme convicção, os olhos do Mundo estão virados para o 46º Presidente dos EUA.

Pedro Marques

Twitter Facebook

A Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia é um momento oportuno para promover cruzamentos entre artistas portugueses e europeus. A exposição "A Liberdade e a Europa: Uma construção de todos", com obras da coleção do Estado Português e da coleção do próprio Parlamento, estará nos próximos meses a dar cor aos corredores mais vazios que o habitual do Parlamento Europeu.

Maria Manuel Leitão Marques

Twitter Facebook

A nomeação dos Procuradores Europeus esteve em discussão no Parlamento Europeu. Nenhum dos deputados do PSD ou do CDS, que se mostraram tão indignados na comunicação social, usou da palavra nesse debate. Ficou provado que o tema só lhes interessa para a política partidária interna. Apesar do ruído, ficou claro que as acusações sobre o procurador português são falsas: o parecer do painel europeu não é vinculativo; o candidato português não foi uma nomeação política, mas sim selecionado por um órgão judiciário independente e a decisão do Conselho não se baseou em nenhum dos erros de que se fala.

Pedro Silva Pereira

Twitter Facebook

Uma Terra Prometida, Barack Obama, Objectiva

Recomendo o livro de Barack Obama, “Uma Terra Prometida”. Quer aos que gostam, quer aos que não gostam de Obama. Partilha connosco como se constrói uma equipa, a começar pelo staff de campanha, mas também como se constroem posições politicas, mesmo quando o candidato está longe de ter uma posição sólida sobre o tema. Partilha a relação entre a responsabilidade no cargo e a sua base de apoio. Lembra-nos a sua margem de manobra do Congresso e no Senado e os limites à sua capacidade de decisão política. O caso do "Obamacare". Partilha a forma como a família entrou na politica.

Margarida Marques

Twitter Facebook

Se no conseguir visualizar correctamente este email clique aqui

Para mais informaes consulte a pgina dos Socialistas Portugueses no Parlamento Europeu: http://www.pseuropa.pt/web/
Para remover o seu email desta mailling list por favor clique aqui