O Presidente da Delegação do Parlamento Europeu para África, Caraíbas e Pacífico, Carlos Zorrinho apelou ao “respeito da constituição na Guiné-Bissau e à tomada de todas as medidas para assegurar a estabilidade e a paz”, exortando os atores políticos a respeitar e promover a democracia e o Estado de Direito. O deputado coassinou com a Presidente do Grupo S&D, Iratxe Garcia Pérez e a Coordenadora do S&D para os Direitos Humanos, Isabel Santos, uma carta ao Alto Representante da UE solicitando intervenção “para promover o restabelecimento do Estado de Direito na Guiné-Bissau, usando todos os instrumentos de pressão de que dispõe”.

Twitter Facebook

Isabel Santos encontrou-se esta semana em Bruxelas com a finalista do prémio Sakharov, nomeada pelo Grupo Socialista, Claudelice dos Santos. Durante a reunião falaram da situação actual no Brasil e dos muitos problemas que a política do actual governo tem causado aos defensores dos direitos humanos e ambientalistas daquele país. A deputada reafirmou a importância destes assuntos para o Parlamento Europeu, em geral, e para o seu trabalho em particular como coordenadora dos Socialistas e Democratas na Subcomissão dos Direitos do Homem.

Twitter Facebook

Manuel Pizarro foi nomeado membro suplente da Comissão de Cultura e Educação (CULT) do Parlamento Europeu. Com essa nomeação, Manuel Pizarro passa a ser o único deputado português com assento nesta Comissão sob cuja alçada cai, entre outros, o Programa Erasmus, as políticas para a juventude, desporto e lazer, a proteção do património e o apoio à criação artística, a política audiovisual e a cooperação entre instituições do ensino superior.

Twitter Facebook

Isabel Estrada Carvalhais foi nomeada relatora do parecer sobre o Fundo Justo de Transição. Reuniu com o Ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, onde trocou pontos de vista sobre as pescas portuguesas. Recebeu a Aliança Europeia de Saúde Pública e conversou sobre os acessos aos cuidados de saúde das populações roma e refugiadas. Ouviu a empresa Soluções de Combustível Avançadas, que pretende criar medidas concordantes com as preocupações ambientais. Reuniu ainda com a Federação Minha Terra, que conta com 58 Associações de Desenvolvimento Local.

Twitter Facebook

"É cíclico e será, enquanto não se tomarem medidas estruturais. Estamos perante um novo pico de crise de refugiados. Solidariedade no acolhimento de refugiados por parte de todos os Estados-Membros é um dever. A situação humanitária na fronteira da União Europeia não pode deixar de ser lembrada".

Twitter Facebook

A deputada lançou, nas redes sociais, a campanha “8 Razões para Lutar”, que aborda oito motivos pelos quais devemos continuar a lutar pela igualdade de género. Com a ajuda de especialistas, de várias áreas geográficas, a campanha visa sensibilizar para problemas como a violência e a disparidade salarial entre homens e mulheres. No dia 8 de março, será lançado o mesmo desafio aos jovens para partilharem as suas razões para lutar.

Twitter Facebook

Pedro Silva Pereira participou numa missão de trabalho do Parlamento Europeu à Austrália e Nova Zelândia no âmbito da Comissão do Comércio Internacional. A visita, que teve por objetivo avaliar o ponto de situação das negociações tendo em vista um acordo comercial entre a União Europeia e estes dois países contemplou várias reuniões de trabalho com diversos responsáveis governamentais australianos e neozelandeses, bem como com associações empresariais, destacando-se as audiências com a Negociadora-Chefe da Austrália, Alison Burrows e com o Governador-Geral da Austrália, David Hurley.

Twitter Facebook

Margarida Marques debateu com jornalistas e com uma das estruturas sindicais dos funcionários das instituições europeias o Orçamento Plurianual da União Europeia. Nas duas iniciativas, a deputada reiterou a ideia de que "não se pode correr o risco de, no dia 1 de janeiro de 2021, não haver financiamento para programas como o Erasmus ou Horizonte Europe ou para projetos de coesão" e lembrou o pedido do Parlamento Europeu para a elaboração de um Plano de Contingência, caso não seja alcançado um acordo politico em torno do orçamento.

Twitter Facebook

Após uma semana de trabalho em Bruxelas, Sara Cerdas está, esta sexta, na Madeira para participar na ‘Semana da Economia’, na Escola Secundária Francisco Franco, e debater o paralelo entre a Economia Social e a União Europeia. Participará ainda, no sábado, numa iniciativa das Mulheres Socialistas da Madeira, denominada ‘Jornadas de Março’, para assinalar o Dia das Mulheres e debater temas da atualidade.

Twitter Facebook

Se não conseguir visualizar correctamente este email clique aqui

Para mais informações consulte a página dos Socialistas Portugueses no Parlamento Europeu: http://www.pseuropa.pt/web/
Para remover o seu email desta mailling list por favor clique aqui