Saúde não pode estar a 27 velocidades

Saúde não pode estar a 27 velocidades

12.11.2020

A criação de um mecanismo europeu de resposta a ameaças em saúde pública foi sugerido durante a sessão plenária de Bruxelas por Sara Cerdas. “Porque a saúde da União Europeia não pode estar a 27 velocidades, urge uma maior harmonização e coordenação em resposta a crises em saúde”, justificou a deputada.

“Não podemos esperar por outra pandemia”, enfatizou a relatora do programa EU4Health que sugeriu também a implementação de testes de stress aos diversos sistemas de saúde dos Estados-membros “para identificar as prinicipais falhas e oportunidades”.

O programa comunitário EU4Health será capaz de dar resposta aos principais desafios para a saúde, “não deixando ninguém para trás”, e Sara Cerdas acredita que poderá capacitar a resposta da União, “voltado para a redução das desigualdades, que garanta a acessibilidade universal aos cuidados de saúde, e tenha uma abordagem focada na promoção da saúde e nas diferentes vertentes da prevenção de doença, com melhorias da literacia em saúde das populações”.

Esta semana, e após a conclusão das negociações do próximo Quadro Financeiro Plurianual, o orçamento do programa EU4Health triplicou, dispondo agora de 5,1 mil milhões de euros. “Agora, é altura de o multiplicarmos por 14” conforme aponta “a evidência científica, por cada euro investido em intervenções em saúde pública, o retorno a longo prazo é de 14 vezes.”