Programa Europa Digital com envelope financeiro reduzido

Programa Europa Digital com envelope financeiro reduzido

29.04.2021

O programa europeu das áreas de desenvolvimento científico e tecnológico “viu o seu envelope financeiro final reduzido”, lamentou Carlos Zorrinho, relator sombra dos Socialistas e Democratas (S&D), ao intervir na sessão plenária de Bruxelas.

Porém, dado “o facto de o Parlamento ter conseguido reforçar o modelo de concretização através de investimentos descentralizados e em rede, com uma governação flexível, potencia a articulação do programa com os programas nacionais de recuperação e resiliência, que deverão destinar 20% do seu investimento à transição digital, tornando assim mais robusta a aposta digital nos diversos patamares em que terá de ser feita, contribuindo para a inclusão digital e a coesão territorial.”

Os investimentos do Programa Europa Digital destinam-se a apoiar a computação de alta performance, o desenvolvimento da inteligência artificial, a cibersegurança, a transformação digital das administrações públicas e a interoperabilidade e as competências digitais avançadas.

Carlos Zorrinho considerou que o programa europeu está “embebido dos valores comuns da União Europeia e de um compromisso ético de referência”. Tal permitirá, de acordo com o deputado “afirmar a relevância geopolítica da União na segunda vaga da digitalização, contribuindo para que ela seja democrática, verde e inclusiva”.