PSPE
PSPE
11 Dez
Ana Gomes defende estratégia europeia comum de defesa e segurança

Ana Gomes defende estratégia europeia comum de defesa e segurança

Isolados ou desenquadrados os estados membros da União Europeia não conseguirão fazer frente às ameaças externas. A ideia foi defendida por Ana Gomes na sessão plenária de Estrasburgo ao debater o relatório anual sobre a execução da política externa e de segurança comum.

 

Com a ofensiva russa contra a Ucrânia, trolls de Putin a interferirem em eleições, instigando o Brexit e financiando a extrema direita, nazi e fascista, com Trump a por em causa o multilateralismo e a segurança coletiva, nenhum estado membro da União pode hoje fazer face a estas ameaças isoladamente, desenquadrado de uma estratégia comum europeia com uma visão política integrada”, argumentou a deputada.

 

Dado que os perigos e desafios “cresceram e multiplicaram-se”, Ana Gomes entende que as forças armadas europeias poderão ser uma resposta adequada. “Forças bem equipadas sob controlo democrático deste parlamento e dos parlamentos nacionais que contribuam para a paz, respeitem e façam respeitar o estado de direito e os direitos humanos nos planos nacional e internacional”, afirmou.

 
 
 

Inscreva-se e receba notícias dos Socialistas Portugueses no Parlamento Europeu