PSPE
PSPE
14 Nov
Malta tem de repensar o modelo de desenvolvimento

Malta tem de repensar o modelo de desenvolvimento

Ana Gomes sustentou, durante o debate sobre o estado de direito em Malta, que “as políticas desregulatórias antigas, transversais aos partidos políticos,  orquestradas em Londres com o beneplácito de Bruxelas”, tornaram aquele país do Mediterrâneo “num paraíso fiscal no seio da União Europeia, deixando ali desenvolver-se uma indústria especializada em planeamento fiscal agressivo e na multiplicação de empresas de fachada, instrumentais para esquemas de lavagem de dinheiro e outra criminalidade financeira internacional”.

 

“O assassinato à bomba da jornalista Daphne Caruana Galizia atesta a violência originada por estas políticas”, exemplificou.

 

Entende a deputada que Malta “tem de repensar o seu modelo de desenvolvimento e deixar de servir como um dos centros europeus especializados na facilitação da evasão fiscal e branqueamento de capitais”. Competirá “à Comissão, ao Conselho e restantes Estados-Membros não só pressionar Malta para o fazer, mas também garantir, através de legislação europeia, que estas práticas sejam ilegalizadas e combatidas”.

 
 
 

Inscreva-se e receba notícias dos Socialistas Portugueses no Parlamento Europeu